Pesquisar neste blog

25 de agosto de 2014

Distúrbios do Sono

Irritação, cansaço persistente, falta de atenção e queda de rendimento são comportamentos, facilmente tachados de "preguiça" podem ser resultado de distúrbios do sono. E as consequências não param por aí: levam até ao risco de doença cardiovascular e depressão.

A quantidade de horas de sono necessária varia de acordo com a idade, os adolescentes necessitam dormir mais do que os adultos, bem como crianças e idosos têm um padrão de sono diferente, que inclui cochilos à tarde.

São três os distúrbios mais comuns: insônia, sonolência excessiva e comportamentos anormais durante o sono.

A Insônia
Dificuldade muito comum caracteriza-se pela dificuldade em iniciar e manter o sono ou dormir de maneira não reparadora, o que acarreta repercussão nas atividades diurnas, a pessoa se sente cansada, irritada, sonolenta, com dores no corpo, desanimada, mal-humorada e apresenta alterações de memória.

Pode ser causada por ansiedade, estresse, depressão, maus hábitos, como a ingestão, próximo ao horário de dormir, de bebidas alcoólicas, café, chás mate e preto (que são estimulantes por conterem cafeína), falta de disciplina de estipular horário para dormir e acordar, alimentação excessiva em gorduras ou condimentos, prática de exercícios físicos à noite, problemas familiares, econômicos e profissionais, causas orgânicas, como alterações na respiração também podem contribuir para noites intranquilas.
Sonolência excessiva
É o excesso de sono ou sonolência nos momentos em que é necessário estar atento como ao dirigir, em entrevistas, palestras ou cinema, sendo em diversas vezes tão incontrolável que a pessoa chega a dormir em situações perigosas. Pode ter causas como dormir menos do que o necessário ou ter distúrbios do sono como, por exemplo, a apneia do sono.

Sonambulismo
Enquanto dorme, a pessoa levanta da cama, anda pela casa e, ao acordar no outro dia, não se lembra de nada. No terror noturno, semelhante ao sonambulismo, mas comum em crianças, ela se senta na cama e começa a gritar, parece apavorada; mas depois se deita novamente e também não se lembra do fato.
Outros Distúrbios
Há diversos distúrbios do sono como o sonambulismo, terror noturno a pessoa desperta gritando ou chorando, bruxismo que é o ranger de dentes durante o sono, a narcolepsia que consiste em sonolência excessiva ou despertar com muita dificuldade, quase um estado de letargia.

Apneia
É um distúrbio com alta prevalência na população, trata-se da diminuição ou interrupção da respiração por, no mínimo, 10 segundos, tornando o despertar por várias vezes durante a noite comum.

Atinge mais os homens de meia idade acima do peso, casos de obesidade, características físicas como o aumento das amígdalas, estreitamento das vias respiratórias e mulheres após a menopausa, sendo que até mesmo as crianças ou pessoas de qualquer idade podem ser afetadas. Geralmente, a pessoa ronca, acorda cansada, às vezes com a boca seca, fica sonolenta e apresenta queda de rendimento, além de correr risco de doença cardiovascular.

Distúrbio Comportamental do Sono REM
Outro distúrbio não muito comum, mas não raro, pode acontecer quando ao se deitar na cama com uma pessoa comumente pacata e acordar de madrugada com essa pessoa em pleno ataque de fúria, de violência, a pessoa fica no meio caminho entre o acordado e dormindo, em um estado de consciência alterado, é o Distúrbio Comportamental do Sono REM, acontece na fase REM, Rapid Moviment Eyes, a pessoa perde a imobilidade e coloca em prática o que está sonhando, causando acidentes a si ou a outras próximas, devem ser tomadas medidas de segurança como trancar portas e janelas.

Esse distúrbio foi descoberto em 1965 foi descrito na época em gatos e em 1985 em seres humanos, acredita-se que lesões cerebrais, acidente vascular cerebral, mal de Parkinson ou uso de drogas psicoativas podem desencadear esse distúrbio, mas ainda não há comprovações efetivas.

Não se deve acordar a pessoa durante o episódio, porque ela está em um estado de consciência que entre o sono profundo e a vigília, pode deixar a pessoa muito confusa e prolongar o distúrbio, a melhor postura é manter a calma e esperar o episódio passar.

Em distúrbios como sonambulismo e o Distúrbio do Sono REM podem executar tarefas difíceis e complexas mesmo inconscientes, só que a pessoa age como autômato, movimentos robotizados, repetindo obcecadamente, em casos mais raros pode bater a cabeça na parede ou esfaquear o travesseiro ou mesmo uma pessoa, pois existem alguns casos relatados de tentativas ou assassinatos praticados por pessoas que sofrem com esses transtornos e o histórico prevalece sempre situações de extremo estresse, angústia ou problemas neuro-psicofisiológicos graves em decorrência de sérios acidentes ou derrames.

Sexomnia
Ainda pouco conhecido, este distúrbio do sono é um tipo de sonambulismo com comportamento sexual. A pessoa não apenas anda e fala, mas pode mexer em si mesma ou em outra pessoa. Não há relatos na literatura especializada de casos de sexomnia em crianças.

O primeiro caso foi relatado em 1996, em um estudo com sete pacientes que gemiam, se masturbavam e até praticavam sexo enquanto dormiam, como é um problema muito recente, muitos parceiros achavam que o comportamento era normal.

Como Constatar
Além da observação dos parentes em torno de nossas atitudes enquanto dormimos, há a Polissonografia exame que tem o papel de analisar o paciente enquanto dorme.
Uma noite de sono monitorada por eletrodos e sensores, em um laboratório especializado, é a maneira de observar qual o distúrbio. São acompanhados os movimentos dos olhos e pernas, a atividade elétrica cerebral, a respiração, o teor de oxigênio no sangue, entre outras avaliações.
Estágios do Sono


Não fazer exercícios fortes à noite, evitar as refeições pesadas e bebidas a base de cafeína e as atividades estimulantes, como assistir televisão e ter um horário certo tanto para dormir como acordar, são dicas que contribuem para uma noite bem dormida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Terei prazer em ouvir Você e solucionar alguma dúvida. Agradeço sua reflexão! Contatos e-mail: mmagoga@live.com ou Celular: 11 985 222 560.